Vereadores Devolvem Bomba ao Prefeito

Editado em 18/04/1971

Ao encerrar a reunião da Câmara de Vereadores, no dia 10 do corrente, o Exmo. Sr. Presidente Dr. Francisco Ribeiro de Magalhães, fazendo alusão ao artigo do nosso jornal, que ficou transcrito nos Anais da Egrégia, expressou-se no seguintes termos:

“Senhores Vereadores, temos a honra de devolver a Bomba, que nos foi entregue, às mãos do Exmo. Sr. Prefeito Municipal, do qual esperamos uma solução efetiva no mais curto prazo possível. Ficamos com a consciência tranquila de termos cumprido com nossa função em beneficio  do povo que depositou sua confiança em nós”.

Continue lendo “Vereadores Devolvem Bomba ao Prefeito”

Cemicok

Editado em 25 de janeiro de 1970 edição Nº 75

 

CEMIG Leva mais energia ao Sul de Minas

 

As Centrais Elétricas de Minas Gerais – CEMIG – acabam de incorporar a Cia Sul Mineira de Eletricidade, que prestava serviço na região Sul de Minas. Uma das regiões mais ricas do Estado em recursos naturais e humanos, o Sul está agora capacitado a alcançar grande desenvolvimento industrial: sua oferta de energia elétrica, antes um entrave, agora a cargo de uma das maiores empresas de eletricidade do país – a CEMIG – passa a ser um fator essencial de de-senvolvimento.
Sobre a incorporação da CSME e suas con¬seqüências, fala em entrevista coletiva, o presi¬dente da CEMIG, engenheiro João Camilo Penna.

Continue lendo “Cemicok”

Cachorro vadio é Um perigo

Editado em 23 de agosto de 1970

É tempo de cachorro louco! Dias atras foi levada para São Paulo uma criança em estado desesperador de hidroíobia, Mordida por um cachor¬ro doente, não foi convenientemente medicada por descuido, contraindo o mal de maneira irremediá¬vel e transmitindo-o a seus parentes.
Por este motivo e no intuito de salvaguar¬dar a vida humana, a Prefeitura Municipal tomou a louvável de sacrificar TODOS OS CÃES encontrados A VADIAR na via pública.
Amigo, vacine e prenda seu cachorro em casa!

Quer dar sugestão e-mail: ocorreio@jornalocorreio.com.br

 

Cabo Demonstra Absoluta Calma

Editado em 06 de julho de 1969

Sexta Feira, dia 20 passado, a cadeia pública des¬ta, cidade, esteve completamente tumultuada em vir¬tude do procedimento desastroso do sentenciado “Lin¬güiça”, que após depredar as janelas de madeira, (por fora as grades) de sua própria cela, armou-se com uma das travessas da mesma, passando consequen¬temente, a desacatar a tudo e a todos.
Em seguida, conseguiu amontoar algumas folhas de jornais, que lá se encontravam e mais a sua ca¬misa, ateando-lhes fogo. Vestido apenas de calção, tinha, portanto, toda a liberdade de movimentos pa¬ra impingir uma total depredação nos utensílios lá encontrados, e talvez em sua própria cama; fato este, que obrigou o Delegado Mauro Nogueira, a determi¬nar sua remoção para a cadeia de Pouso Alegre.

Continue lendo “Cabo Demonstra Absoluta Calma”

Bem estar Social

Editado em 15 de fevereiro de 1970

Vemos que em uma sociedade de consumo, nin¬guém sobrevive sozinho.
A noção de individualismo é muito vaga atual¬mente.
A teoria mais aceita hoje, é que a sobrevivência de uma sociedade depende do grau de riqueza desta própria sociedade.
Então vemos que hoje, eu ser rico, não resolve -o problema dos outros que são pobres. A necessidade é que todos sejam ricos e possam absorver a pro¬dução industrial do país.

Continue lendo “Bem estar Social”