Inatel leva projetos de Engenharia Biomédica para Hospitalar 2019

Entre os dias 21 e 24 de maio, o Inatel vai marcar presença no maior evento voltado para o setor de Saúde da América Latina, a Hospitalar. Em sua 26ª edição, a feira vai reunir empresas e profissionais da área no Expo Center Norte, em São Paulo, a fim de promover o networking e incentivar a geração negócios.

A instituição será representada pela equipe do CDTTA, centro voltado para pesquisa e desenvolvimento de soluções em Engenharia Biomédica, que demonstrará alguns dos projetos de destaque desenvolvidos ao longo dos seus sete anos de existência.

Os visitantes poderão interagir com uma mão robótica feita em impressora 3D, que pode ser utilizada por pessoas que sofreram amputação dos membros superiores. A intenção do projeto é oferecer uma prótese de baixo custo, com funcionalidades que permitam aos pacientes realizar movimentos meticulosos por meio da estimulação neuromuscular.

De acordo com o engenheiro biomédico Filipe Bueno, coordenador do CDTTA, o projeto integra uma pesquisa maior que prevê o sensoriamento de todo o corpo humano utilizando eletrônica. “Colocamos biosensores na mão robótica que fazem com que os músculos do paciente ativem seus movimentos para que sejam tão precisos a ponto de ser possível segurar pegar uma casca de ovo sem quebrar”, explica.

A equipe também irá expor dois jogos voltados para reabilitação e acompanhamento da progressão de pacientes com restrição motora dos membros superiores. O Rehab e o Armotion são jogos interativos que têm a intenção de fazer com que o paciente se esqueça de que está em um tratamento convencional, deixando o processo de reabilitação mais divertido.

Conheça nossos projetos no estande 57, da rua 19, no Pavilhão Vermelho.

Encontro de Ex-alunos

Em paralelo à feira, o Inatel promove mais uma edição do Encontro de Ex-alunos. Este ano, ele vai acontecer no dia 23, a partir das 19h30. Clique para se inscrever.

Engenharia Biomédica no Inatel

O Inatel iniciou sua atuação na área de tecnologias voltadas para a Saúde há 15 anos com a criação do curso de pós-graduação em Engenharia Biomédica e Engenharia Clínica, oferecido em Santa Rita do Sapucaí, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. A instituição foi uma das pioneiras no Brasil a oferecer graduação em Engenharia Biomédica, tendo formado a primeira turma em 2010. Desde 2012, a instituição concentra o desenvolvimento de projetos voltados para a área no Centro de Desenvolvimento e Transferência de Tecnologia Assistiva (CDTTA), criado com o apoio do governo de Minas Gerais. Em seu 7º ano de atuação, o centro acumula 16 projetos, alguns inclusive em transferência para o mercado.

Ascom Inatel e foto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *