Produtores de Café devem-se transformar em exportadores

Editado em 01 de agosto de 1971 Nº 144

Belo Horizonte – AE e AJB

Todos os produtores de café devem preparar-se para se transformar em grandes exportadores, disse ontem nesta capital o presidente do IBC, Mário Penteado, em encontro com os cafeicultores mineiros, na sede da Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais.

Complementando sua advertência aos plantadores mineiros, Penteado salientou que os produtores deixarão de existir, pois, além da competição, haverá a luta contra as doenças. Frisou ainda que, quem não derrotar a broca, será derrotado por ela.

No seu encontro de ontem com os cafeicultores mineiros, o presidente do IBC fêz questão de  esclarecer que o café, dentro da nova era de apoio do Governo Federal á agricultura, é assunto primordial. Por isso, os fazendeiros podem estar certos de que nunca faltarão incentivos para o setor.

Antes a insistência dos cafeicultores mineiros que lhes perguntavam se deviam ou não continuar plantando café, Mário Penteado asseverou:

O presidente Medici inaugurou uma era de maior apoio à agricultura e o café não será uma exceção, principalmente por ser fonte gerada de riqueza. Não se esqueçam de que 52% das cambiais brasileiras de exportação em 70 anos , foram obtidos graças aos nossos cafezais. Os mineiros devem portanto, continuar a plantar muito café.

Afirmando que o cafeicultor não desamparado. Penteado recordou aos participantes da reunião que fora assinado anteontem em Belo Horizonte um convenio entre IBC e Governo de Minas, no valor de Cr$ 100 milhões que serão empregados na formação de uma infra-estrutura cafeeira no Estado, promovendo, entre outras coisas, a pesquisa.

Mas o IBC promete que duas coisas não faltarão aos produtores. Primeiro o amparo financeiro e segundo, estudar todas as reivindicações dos cafeicultores, salientou Mário Penteado.

Dar sugetão por e-mail: jornalocorreio07@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *