Comêço de Ano – Comêça os crimes

Editado em 24 de janeiro de 1971 Nº 120

Este princípio de ano foi bastante promissor quanto a crimes e assaltos. Tivemos noticias de diversas situações bem caracterizadas por crimes cometidos  por  pessoa, naturalmente, perturbada mentalmente.

Tivemos crimes de duas moças com requinte de perversidade. A polícia encontra-se em um dilema indecifrável.

Também na questão de assalto a banco a nossa região, já pode lamentar o ocorrido em Carmo de Minas.

A polícia de lá não aproveitou da experiência obtida por Santa Rita e tivemos a repetição dos fatos do ano anterior aqui.

Para encerrar houve também a fuga de presos em Pedralva e em consequência a morte de quatro pessoas.

Parece que o ano uma situação bem interessante a menos que as autoridades responsáveis façam um esquema preventivo de segurança.

Quanto a assalto de bancos a medida tomada pelo nosso delegado Mauro Noqueira, de pedir os documentos a motoristas extranhos à cidade, parece que dará frutos e poderá evitar novos assaltos.

Mas, o mais importante é o policiamento noturno que não dará oportunidade para aproveitadores das sombras da noite para seus fins inconfessáveis.

O nosso jornal sempre foi batalhador no objetivo de dar tranquilidade à família santa-ritense porisso pedimos a devida atenção de todas autoridades para que não se repita as façanhas de um novo Jack Estripador.

Dar sugestão pelo e-mail: jornalocorreio07@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *