Assinatura do Convênio no INATEL

Editado em 21 de setembro de 1969 Nº 59

No dia 19 último, no auditório do INATEL teve lugar uma solenidade para a assinatura de um convênio entre a Ericsson do Brasil e essa entidade, que consiste na concessão de uma bolsa de estudos a engenheiro do ramo de telecomunicações, com estágio nos estabelecimentos da Suécia e aperfeiçoamento em equipamentos Ericsson do Brasil S.A.

Nessa ocasião visitaram o Instituto:

Min. Juracy Magalhães – Presidente do Conselho Diretor da Ericsson, Sr. Gunnar Vikberg – Diretor Gerente da Ericsson, Dr, Antônio Martins Ferrari – Chefe da Secção de Treinamento da Ericsson, Sr. Fernando Souza Reis – Chefe de Relações Públicas da Ericsson, Dr. Caio Nelson Vono de Azevedo – Representante do Presidente da Cia. Telefônica de Minas Gerais, Dr. João Bosco Carneiro Barbosa – Representante do Diretor de Relações Públicas da Cia. Telefônica de Minas Gerais, Dr. Hemenegildo E. M. Basílio – Representante da Pirelli S.A. e outros.

Durante a solenidade usou da palavra o professor Fredmark Gonçalves Leão,  Magnífico Reitor, quando fez uma exposição sôbre as dificuldades por que passou o INATEL desde a sua fundação, até os dias  de hoje, partindo do nada e hora constituindo uma obra de repercussão nacional.

Todos os óbices foram superados graças ao idealismo e ao trabalho constante e sem trégua de seus fundadores, subsidio pela população local, que nunca negou apoio e solidariedade à obra pioneira que é o INATEL.

Mencionou ainda, as visitas ilustres já recebidas pelo INATEL, destacando entre elas a do Excelentíssimo Senhor Marechal Arthur da Costa e Silva,  DD. Presidente da República Federativa do Brasil e a  do Excelentíssimo Senhor Professor Carlos Furtado de Simas, Digníssimo Ministro das Comunicações, agora enriquecida pelas de tão gradas presenças.

A seguir da palavra o Excelentíssimo Senhor Ministro Juracy Magalhães, que exaltou a importância da iniciativa para o país, no momento em que uma política realista e corajosa, desde algum tempo inaugurada pelo Govêrno Federal, arranca de um prolongado marasmo o setor de Telecomunicações e começo a dar-lhe a dimensão e a capacidade compatíveis com as necessidades e exigida pelo notável surto de desenvolvimento que se verifica em todo o território nacional, ressaltando um outro aspecto importante da iniciativa, que é a cooperação escola-indústria, tão útil para apressar a formação dos nossos profissionais.

De parabéns o INATEL por mais esta conquista.

Quer dar sugestão:  contato@jornalovcorreio.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *