Bem estar Social

Editado em 15 de fevereiro de 1970

Vemos que em uma sociedade de consumo, nin¬guém sobrevive sozinho.
A noção de individualismo é muito vaga atual¬mente.
A teoria mais aceita hoje, é que a sobrevivência de uma sociedade depende do grau de riqueza desta própria sociedade.
Então vemos que hoje, eu ser rico, não resolve -o problema dos outros que são pobres. A necessidade é que todos sejam ricos e possam absorver a pro¬dução industrial do país.


Nesta teoria, começamos a deparar que a nossa riqueza é medida pelo grau de riqueza de nossos se¬melhantes e ainda dizendo mais claro, é preferível uma sociedade rica do que uma grande fortuna co¬locada nas mãos de um só.
Isto já está ocorrendo nas nações desenvolvidas. Lá, pela grande riqueza em movimento, o número de milionários é relativamente menor que nos países subdesenvolvidos.
Vejamos, aqui, em Santa Rita, como podemos en¬trar no poblema.
Santa Rita do Sapucaí, situa-se dentro da zona agrícola do estado de São Paulo.
Podemos dizer uma das melhores zonas do Bra¬sil.
As grandes fortunas existem, mas a par disso te¬mos a pobreza extrema. O poblema da pobreza ex¬trema só poderá ser resolvido com a colocação da mão de obra e a instrução.
Planos são feitos, mas muito individualistas. Pre¬cisamos liderar um movimento para a criação ou ampliação das indústrias existentes.
Com isso teremos mais santarritenses com poder aquisitivo e logicamente Santa Rita desfrutará de maior bem estar social.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *